Como instalar o painel de controle Parallels Plesk em CentOS 6.2

25/10/2012

em Como Fazer,Linha de comando,Painel de controle,Parallels Plesk

Como instalar o Plesk em novo servidor com CentOS 6.2

Ao subscrever um servidor dedicado, normalmente não possui qualquer painel de controlo instalado, mas, sim apenas com o sistema operativo. Irei descrever como poderá efectuar a instalação no sistema operativo CentOS 6.2 e o painel de controlo Parallels Plesk 11.0.

Documentação

Como sempre, é bastante útil possuir a documentação em caso de dúvidas, que neste caso poderá encontrar no site da Parallels, em:
http://www.parallels.com/download/plesk/11/documentation/

Instalação

Neste exemplo, vamos efectuar a instalação com o pacote de auto-instalação fornecido pela própria Parallels, e o ‘vi’ como o nosso editor de texto, mas, poderá utilizar outros, como ‘joe’, etc…

Começamos pelas recomendações para as partições;
/boot -> 1Gb
swap -> (duas vezes a capacidade da RAM)
/tmp -> +2Gb
/ -> completar com o restante

Pré-instalação:
Entre como ‘root’ por ssh (por via terminal em linux ou putty em ambientes windows)
– No caso de possuir uma chave publica, instale-a agora;

# mkdir .ssh
# vi .ssh/authorized_keys2

(faça copiar > colar, da sua chave para dentro do ficheiro authorized_keys2, grave e saia do editor)

Desactive o SELINUX

# vi /etc/selinux/config
e altere a linha;
SELINUX=enforcing
para;
SELINUX=disabled

(grave, saia do editor)

Faça agora o um reboot ao servidor (apesar de não ser obrigatório e existirem outras formas de desligar o SELINUX, vamos manter as coisas o mais simples possível).

Entre novamente como ‘root’ por ssh (por via terminal em linux ou putty em ambientes windows) ;

Actualize o sistema;

# yum update

(no caso de ter sido instalado um novo kernel, sugerimos novo reboot do servidor)

Como vamos necessitar de um pacotes de software extra, execute;

# yum install wget gcc

Desligue o serviço de firewall (iptabes) do servidor, executando;

# chkconfig iptables off
# service iptables stop

Efectue o download do instalador do painel de controlo, Parallels Plesk (verificar a ultima versão em http://www.parallels.com/download/plesk/), executando;

 # wget http://download1.parallels.com/Plesk/PP11/11.0/CentOS6/parallels_installer_v3.12.0_build120601.16_os_CentOS_6_x86_64

Prepare para a execução;

# chmod +x parallels_installer_v3.12.0_build120601.16_os_CentOS_6_x86_64
# export LANG=C
# export LANG_ALL=C

e execute o instalador;

# ./parallels_installer_v3.12.0_build120601.16_os_CentOS_5_x86_64

Aguarde, enquanto o instalador procede à configuração do seu painel de controlo e após finalizar, poderá utilizar um dos endereços em baixo;

https://hostname.domain.name:8443/
https://ip-address:8443/

As credenciais de entrada são as mesmas do login de ‘root’ do seu servidor. Ignore o erro de certificado. Depois de preencher os dados de contacto e as configurações básicas, passará a entrar com o utilizador “admin” e com a password que colocou durante o preenchimento de formulário anterior.

Aplicação de Monitorização de Parallels Panel Server

Possui no painel de controlo, um link (em Home) de como instalar e utilizar no seu iPhone ou Android, para o manter actualizado sobre a “saúde” do seu servidor.

Leituras aconselhadas

Para uma continuação de configuração e optimização do seu servidor dedicado, aconselhamos a leitura dos seguintes link’s:

A GraFX compilou um guia bastante extenso como configurar e proteger o seu servidor, em http://www.grafxsoftware.com/faq.php/HOW-TO-Setup-a-PLESK-Dedicated-Server/1/4/

 

Artigo anterior:

Próximo artigo: