Hacker é acusado pela Cisco e Nasa

06/05/2009

em Informática e Computadores

Um hacker de computadores é acusado por ter entrado na rede de sistemas da Cisco e NASA. Philip Gabriel Pettersson enfrenta cinco acusações por ter roubado segredos comerciais e danificar sistemas. Foi alegado que Philip executou os hacks há cinco anos atrás, quando ele tinha 16 anos. O jovem é acusado de roubar código fonte Cisco, relacionado com o seu Sistema Operativo Internet e uma semana mais tarde, por ter invadido a divisão da NASA Advanced Supercomputing e do Ames Research Center. Pettersson enfrenta uma pena máxima de 10 anos de prisão por cada acusação de invasão e roubo de segredos comerciais, ou seja um total de 30 anos, bem como uma multa de 250.000 dólares. A acusação surgiu através da cooperação do FBI, dos Serviços Secretos dos Estados Unidos, da NASA, e outras entidades, incluindo autoridades suecas. A Cisco não encontrou que qualquer informação de clientes, parceiros ou informações e sistemas financeiros que tenham sido afectadas pelo hack de Philip Pettersson.

hacker

Artigo anterior:

Próximo artigo: